Home > Artigos > Uber é multado por Proteção de Dados Insuficiente

Uber é multado por Proteção de Dados Insuficiente

A Comissão Nacional Francesa de Informática e Liberdades (CNIL) impôs nessa quinta-feira (20 de dezembro de 2018) uma multa de 400 mil euros (em torno de 1,8 milhão de reais) ao Uber por não proteger adequadamente os dados dos usuários que utilizam o serviço.

Em novembro de 2017 a Uber revelou que 57 milhões de seus usuários (clientes e motoristas) tiveram seus dados hackeados, e a CNIL considera que esse ataque poderia ter sido evitado caso os dados estivessem protegidos adequadamente.

O Uber já havia sido informado desse ataque um ano antes, tendo pago 100 mil doláres aos hackers para que não revelassem os dados dos seus usuários e apagassem as informações.

Após esse incidente, um porta voz da Uber informa que várias melhorias técnicas foram realizadas em questão de segurança e transparência as entidades reguladoras.

A Uber também já havia levado uma outra multa referente a ataques virtuais, em um acordo de 148 milhões de doláres com as autoridades dos Estados Unidos, sendo a multa mais importante já imposta no âmbito de violação de dados.

Categorias
Artigos
Crimes Digitais
Ferramentas
Mobile
Pericias
Segurança da Informação
Últimas postagens
Desenvolvido por Mosaic Web - 2018.