Home > Artigos > Facebook pode utilizar 10yearchallenge para treinar IA

Facebook pode utilizar 10yearchallenge para treinar IA

Você deve ter visto nos últimos dias as redes sociais com dezenas de fotos postadas com a '#10yearchallenge', a ideia consiste em postar uma foto antiga de 2009 e outra atual de 2019.

O objetivo é mostrar como sua aparência mudou nesses 10 anos, porém as redes sociais pode estar coletando esses dados para treinar algoritmos de inteligência artificial e deep learning relacionados a reconhecimento facial.

Pesquisas nessa área já existem, porém uma das grandes dificuldades é ter uma base de dados grande o suficiente e rotulada para que se possa treinar os algoritmos.Com essa #, seria apenas necessário fazer uma busca no Twitter por exemplo, e ter acesso a centenas de imagens já rotuladas e mostrando a mesma pessoa em diferentes momentos.

Em linhas gerais funciona da seguinte forma: primeiro você precisa ter uma base de centenas de imagens de treinamento, quanto mais imagens melhor. Inicialmente o algoritmo é então executado para que 'aprenda' essas características e consiga, por exemplo, diferenciar um rosto no meio da multidão.

Após isso o algoritmo vai ficando mais complexo, com a inserção de 'ruído', ou seja, imagens que não fazem parte do conjunto original. Nesse ponto o algoritmo deve poder diferenciar quais imagens não fazem parte do padrão correto, ou então demonstrar as imagens corretas.

De forma mais complexa o algoritmo pode até mesmo criar um objeto com base nos padrões que aprendeu das imagens do conjunto de treinamento.

No caso da #10yearchallenge, as imagens enviadas podem estar sendo utilizadas para a construção de uma grande base de dados para treinamento de envelheciment facial, o algoritmo seria então capaz de demonstrar como uma pessoa ficaria daqui 10 anos, ou como seria 10 anos atrás.

Já existem muitas pesquisas nessa área, com o objetivo, por exemplo, de projetar como seria uma criança desaparecida nos dias de hoje. Porém o Facebook é uma empresa que vive de anúncios, então não diria que seu uso seria tão nobre.

Por Marjori Klinczak

Categorias
Artigos
Crimes Digitais
Ferramentas
Mobile
Pericias
Segurança da Informação
Últimas postagens
Desenvolvido por Mosaic Web - 2018.